Geral

O PS que temos

Ontem, na Assembleia Municipal de Setúbal, votava-se uma proposta de moção do BE sobre a eleição indirecta das CCDR e a necessidade de se avançar para a regionalização do país quando os eleitos do PS em Setúbal decidiram votar contra o segundo ponto, com o seguinte texto: «Insistir junto dos órgãos da República para que se avance, o mais rapidamente possível, no processo de instituição efetiva das Regiões Administrativas prevista na Constituição desde  1976».

Será necessário dizer mais alguma coisa? É o PS que temos.

Standard

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s