Área Metropolitana de Lisboa, Geral

AML em negociações com Atlantic Ferries para integrar travessia Sado no novo tarifário de transportes públicos

Manuel Pisco, vice-presidente da Câmara Municipal de Setúbal, nas Conversas na Praça no dia 3 de abril

O vice-presidente da Câmara Municipal de Setúbal anunciou esta quarta-feira que a Área Metropolitana de Lisboa está em negociações com a Atlantic Ferries e a autarquia grandolense para integrar a travessia do Sado no novo tarifário de transportes públicos que entrou em vigor no passado dia 1 de abril.

Manuel Pisco revelou na “Conversa da Praça” dedicada à mobilidade e transmitida em direto no blogue Praça do Bocage que a “AML esteve já a negociar não só com [a Câmara Municipal de] Grândola, mas também com a Atlantic Ferries (concessionária da travessia do Sado)”. O autarca salienta que este foi o momento escolhido para tratar desta matéria porque é agora que se está a tratar das “ligações entre as fronteiras da AML com as CIM (comunidades intermunicipais) e concelhos limítrofes“.

O autarca disse na reunião de câmara de dia 3 de abril que também as carreiras para a praia da Figueirinha estão incluídas no novo passe Navegante Municipal e Metropolitano, tal como é indicado no Regulamento Metropolitano das Regras Gerais para a Implementação do Sistema Tarifário na Área Metropolitana de Lisboa”, publicado em Diário da República no passado dia 27 de março. Neste regulamento constam todas as carreiras e percursos incluídos no novos sistema tarifário da AML em que podem ser utilizadas os novos passes Navegante Metropolitano e Municipal (40 e 30 euros/mês), nomeadamente as carreiras entre Setúbal e Figueirinha e Setúbal e Outão, além da carreira entre parque da Secil e Figueirinha. Significa isto que, com um passe mensal de 30 euros, além de se poder circular em todo o território do concelho em transportes públicos, se pode também ir de autocarro à praia sem acréscimo de preço. Quem vier de fora do concelho pagará no máximo 40 euros, o que significa que qualquer residente na AML poderá, com o mesmo passe Navegante Metropolitano, além de circular no seu concelho, deslocar-se diariamente à Figueirinha.

Quem tiver o passe Navegante Municipal Família, que tem as mesmas caraterísticas do Navegante Municipal, terá a possibilidade de pagar no máximo o valor de dois passes Navegante Municipal, ou seja 60 euros, independentemente do número de elementos do agregado familiar. Ou seja, uma família de quatro pessoas, por exemplo, pagará 60 euros para fazer um mês de praia na Figueirinha. É válido para qualquer deslocação, em todos os serviços de transporte público regular de passageiros dentro do respetivo município (disponível a partir de julho de 2019).

Standard

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s