One thought on “CULTURA E ILUSÃO

  1. António Melo diz:

    Felicito o autor pelo conceito operativo de “capitalismo pós-democrático” e pela limpidez de raciocínio com que desmonta o processo de alienação social inerente ao ordoliberalismo, no figurino germânico ou no neoliberalismo de Friedman. Aprendi com a formulação como o modo pós-modernista processa a arte contemporânea – “a arte contemporânea em que a forma pode ser substituída por uma ideia e a personalidade do artista transformada numa marca (…)”. Voltei a aprender com a definição do “lugar do juízo estético” e para concluir, porque é preciso ser breve, apenas uma observação. Penso que uma citação de Guy Debord sobre a Soceidade do Espectáculo não seria deslocada.
    António Melo

    Gostar

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s