Geral

1º MAIO1974

 

A memória existe e não a devemos deixar subverter. Existe e como a verdade, é revolucionária .Hoje devemos recordar o 1º Maio de 1974 em que Álvaro Cunhal  sintetizou a força impulsionadora da Revolução dos Cravos: a Aliança POVO-MFA. Uma aliança que continua cravada na nossa memória revolucionária e é como um tumor maligno nos abencerragens que queriam que o 25 de Abril fosse o florir da primavera marcelista, como essa gentalha que de Paulo Portas a  Passos Coelho mais os múltiplos Montenegros, Matos Correias, Lombas,Rangéis  e  tutti-frutti , obscenamente  derramam em nome de um pretensa e falsa pureza do 25 de Abril, nos media estipendiados ao serviço do grande capital, com o ódio visceral que têm à democracia que não seja um jogo malabar, meramente formal.

Deixo-vos uma bela foto inédita desse 1º de Maio de 1974 que não deixaremos morrer e que João Abel Manta genialmente registou, para que a Memória não se Apague

Image

 

Advertisements

40 anos de 1º de Maio em Liberdade

Aside

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s