Geral

Ajuda ao FMI

O FMI revelou hoje que continua a ter a opinião de que despedir trabalhadores em Portugal é difícil e, pelo contrário, não é nada fácil. Plenamente de acordo. Para dar uma ajuda a Lagarde e seus ajudantes, aqui deixo uma sugestão que deverá facilitar dramaticamente os despedimentos, que, a crer no que nos diz aquele senhor que tem um nome giro, o Subir Lall, serão a melhor forma de criar mais empregos. Claro, tem toda a razão. Se se despede gente, aparecem logo mais empregos. Nunca me tinha lembrado disso…

Mas vamos então à sugestão.

A ideia é simples: substitua-se o contrato de trabalho por uma carta de despedimento em que os trabalhadores aceitam, no momento em que começam a trabalhar, ser despedidos a qualquer momento. Isso ou um papel em branco com a assinatura do trabalhador. E assim se resolveria este enorme problema de competitividade que tem a economia portuguesa. Veriam que os salários também cairiam dramaticamente, tão dramaticamente que nem seria necessário continuar a falar de salários mínimos, essa velha reminiscência revolucionária. Chegaremos a um ponto em que nem sequer será necessário pagar salários e aí é que ninguém nos bate…

O FMI continua a ter muito que aprender connosco…

Advertisements
Standard

One thought on “Ajuda ao FMI

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s