Cultura, Geral

TRAMPOLINICES

ImagAtalante e MeleagroAtalante e Meleagro caçando o Javali de Cálidon, Peter Paul Rubens ( imagem cedida por MNAA/DGPC)

Alertado por um amigo meu, uma das grandes autoridades das artes em Portugal, fui ao Museu Nacional de Arte Antiga visitar a muito propagandeada exposição RUBENS, BRUEGHEL, LORRAIN. A Paisagem Nórdica do Museu do Prado.

Já ia com um pé, para não dizer os dois pés atrás, depois de ler a nota de Imprensa do MNAA e as notícias nos jornais. Esta parceria entre o MNAA e o Museu Nacional do Prado, que é descrito e muito bem, como o mais importante de Espanha e um dos mais importantes do mundo, com a intermediação da Everything Is New, tinha um leve cheiro a trimetilaminúria.

Na referida Nota de Imprensa lê-se: “ A Everything Is New volta a apostar na produção de uma grande exposição, após o sucesso da primeira experiência realizada no Palácio Nacional da Ajuda onde foram batidos recordes nacionais de visitantes, com Rubens, Brueghel, Lorrain, A Paisagem Nórdica do Museu do Prado, o MNAA inicia um novo caminho na produção de grandes exposições associando-se à produtora cujo rigor e profissionalismo na organização de eventos se encontram completamente reconhecidos, possibilitando a otimização dos circuitos difusores e um acréscimo de eficácia na relação com o turismo nacional”. Texto em estilo futebolistico, escrito segundo as regras do novo acordo ortiográfico. A referida primeira experiência e incursão da EIN nas artes “que bateu recordes nacionai de visitantes” foi a exposição kitch da nossa adorável Joaninha que começa a competir em popularidade com o Tony Carreira pela mão e pelo pé de Álvaro Covões, senhor de grandes saberes circenses adquiridos com os seus antepassados. Não se enganou ao escolher a Joaninha que, depois de bem amestrada, lhe deve proporcionar chorudos ganhos. Está tudo certo, a grande arte para ele é o cacau! O que já não está certo é o MNAA embarcar nesse ferry-boat, apresentando como uma exposição de extraordinária importância, uma exposição simpática, agradável em que dois grandes pintores, Rubens e Lorrain estão pouco representados, embora com obras notáveis, e os Brueghel, os filhos e netos do ausente Pieter Brueghel, o Velho, esse sim um extraordinário pintor, que viveram, pintaram e tiveram êxito à sua sombra, levam ao engano pelo uso legítimo do apelido. O que não é legítimo é o título enganador.

Claro que a exposição nunca é gratuita. Uma exposição trombeteada como coisa extraordinária e rara, conseguida com o suor do “rigor e profissionalismo na organização de eventos” transposto para as exigências das indústras criativas e culturais que não deixam ver arte à borla, chão que já deu uvas. O Covões não está ali para perder grana. Ele é como a Formiga Bossa Nova do Alexandre O’Neil (*). Não lhe causa urticária alguma a intrujice de esta ser uma exposição representativa da Paisagem Nórdica do Museu do Prado.

Como diz esse meu amigo, esta exposição, que um bom marquetingue elege como singular, inusual e incomum “é uma exposição destinada às cidades de província espanholas”, circuito em que Lisboa agora já se pode inscrever.

Claro que isto não anda desligado de tudo o resto que se passa em Portugal, onde se tornou vulgar vender gato por lebre e na cultura ser contumazmente ignorante, falacioso, sem príncipios como se viu agora com o caso Miró, sobre o que escreveremos em breve.

Enquanto os deixarmos esse bando de pantomineiros que me mede tudo pela bitola do cifrão, vai delapidando Portugal, tanto física como eticamente.

Na imagem: Atalente e Meleagro Caçando o Javali em Cálidon/Peter Paul Rubens 

(imagem facultada por MNAA/DGPC)

(*) (…) Assim devera eu ser:

de patinhas no chão,

formiguinha ao trabalho

e ao tostão.

Assim devera eu ser

se não fora

não querer.

(-Obrigado, formiga!

Mas a palha não cabe

onde você sabe…)

Standard

One thought on “TRAMPOLINICES

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s