Internacional, Política

Também na Alemanha

BundestagUma das consequências das recentes eleições alemãs foi o completo desaparecimento do FDP, Partido Liberal Democrático, do Parlamento federal. Os liberais democráticos são uma provecta entidade política que participou em praticamente todos (*) os governos alemães após a II Guerra Mundial, coligando-se ora à esquerda ora à direita.

Atente-se em como o facto terá reflexo directo na taxa de desemprego alemã. Cada um dos 93 deputados federais do FDP no anterior Bundestag tinha um orçamento que lhe servia para dar emprego a três ou quatro colaboradores; a que se acrescenta um outro conjunto de colaboradores, estes sediados nos respectivos distritos eleitorais. Estima-se que cerca de seiscentas pessoas venham a perder os seus postos de trabalho em virtude de o FDP ter sido “expulso” do parlamento federal alemão.

Partido recordista em participações no Governo, o FDP deixará ainda de receber uma subvenção estimada em cerca de três milhões de euros.

Pelo que aqui se regista, bem se percebe que até numa democracia tida por austera e disciplinada, como a alemã, há que pagar os custos do sistema partidário. Ter pessoal de apoio e pagar-lhe. Haja eficácia na governação que os cidadãos o aceitarão sem grandes discussões.

(*) Com a CDU/CSU (1949–1956, 1961–1966, 1982–1998 e 2005-2013) ou o SPD (1969–1982).

Standard

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s