Política

23 de Setembro de 2013.

23 setembro 2013 (def)-page-001O objectivo foi marcado e ostensivamente apresentado. Seria em 23 de Setembro de 2013 que o país regressaria aos mercados de capitais – entenda-se, à venda de títulos da dívida pública de cinco ou dez anos, a taxas de remuneração razoáveis. Serviu para justificar todas as medidas que se abateram sobre a maioria dos portugueses.

Estávamos em Março de 2012 e o ministro Vitor Gaspar irradiava confiança. Quase chegados à data prevista, resta-nos constatar o rotundo falhanço da previsão. Os mercados de capitais continuam fechados, os portugueses mais pobres, o país mais débil e a produção a cair. E o que se discute agora é um segundo “resgate”.

O governo da Direita teve todas as condições políticas a que poderia ambicionar. Uma maioria, um Governo, um Presidente – tal como Sá Carneiro reclamava em 1980.

O que é que falhou?

Terá sido o povo, que ordeiramente e com sentido de responsabilidade, cumpriu todos os sacrifícios a que foi chamado? Ou terão sido sucessivas políticas de suicídio impostas pela troika e diligentemente aceites e assumidas como suas pelo Governo?

Advertisements
Standard

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s