Cultura, música, Setúbal

António Zambujo… encanta!

Não tenho por hábito calar o que sinto.

Sei, no entanto, que, por estes tempos, ter opinião é prática pouco aconselhável e em desuso. Hesito. Digo? Não digo? Respiro, acabo de beber o que resta do café e começo a escrever… de um fôlego só.

O espectáculo de música de António Zambujo, realizado no passado dia 3 de Agosto, na Feira de Santiago, em Setúbal, prova a absoluta osmose entre a poesia “cantada” (em vez de dita), e o virtuosismo dos músicos que embalam e valorizam as palavras, como poucos, acrescentando brilho, cor e beleza ao “produto” final apresentado… uma verdadeira bênção para os nossos sentidos.

Todas as canções contam pequenas histórias, muitas de amor, “de encantos mil”, e prendem – nos, enquanto duram.

O seu modo de cantar tem a marca das vozes do sul. Uma voz clara, cheia, vaidosa e quente… que nos deixa felizes, porque acalenta, mesmo em noite fria.

O espectáculo, apesar do pouco público presente, teria sido perfeito, não fora o permanente e irritante som de fundo (dos carrinhos, carrocéis e de outras coisas mais…) que altercou e quase venceu os artistas, porque incomodou todos os que queriam fazer daquela noite uma noite mágica.

Não sei se valerá a pena continuar a trazer à feira espectáculos acústicos que, pela sua natureza, exigem condições que aquele lugar ainda não oferece …

Espero mudanças para o futuro!

Uff… Está dito!

Advertisements
Standard

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s