Geral

O que virá a seguir?

(FOTO: JEAN CHAMOUX)

(FOTO: JEAN CHAMOUX)

Não há quem não queira saber qual a próxima novidade da pré-campanha eleitoral do PS em Setúbal.

Se as eleições se ganhassem com disparates e não com votos, o PS em Setúbal já ia a caminho de uma arrebatadora maioria absoluta, arriscar-se-ia mesmo a nem ter oposição.

O candidato do PS, João Ribeiro, ou não tem qualquer noção do ridículo ou pensa que os eleitores do concelho de Setúbal são acéfalos, senão veja-se a seguinte promessa eleitoral: «Comigo a Presidente, Setúbal será a primeira cidade portuguesa a sair da crise em que vivemos».

Acredito que o sr. João Ribeiro goste muito de si próprio, que se considere uma espécie de super-herói, que o seu ego não seja coisa pequena, que ache que tem a receita mágica para todos os problemas, que pense que as atribuições e competências de uma Câmara se assemelhem às de um Governo, mas há limites razoáveis até para a venda de banha da cobra.

Este tipo de discurso, oco, desprovido de qualquer credibilidade e completamente absurdo, fazendo crer que está nas mãos de um qualquer Presidente de Câmara retirar o respectivo concelho da crise que o país atravessa, contribui para afastar as pessoas da política e da participação na vida democrática local e para associarem erradamente a política à charlatanice.

Se de outras forças se espera seriedade e honestidade nesta campanha, do PS e do seu candidato a Setúbal já só se pode esperar pelo próximo disparate.

Anúncios
Standard

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s