A publicidade tem o poder de vender e persuadir. Ela reflecte os valores, sonhos e fantasias do consumidor final. A publicidade acaba por ser quase como uma amiga que tal como um espelho reflecte a nossa sensibilidade, a nossa personalidade, os nossos sentimentos. A publicidade substitui em muitos casos a mitologia antiga. Transforma-a dando-lhe um rosto moderno, adaptado aos tempos contemporâneos. Faz novos deuses, novos heróis, quase nada existe fora dela e para além dela. Será provavelmente o instrumento mais poderoso que o mundo dos negócios tem para se desenvolver. E o mais perigoso.
Na política a publicidade tem o nome de propaganda. Provavelmente tão eficaz, mais poderosa e de efeitos decerto mais palpáveis a curto prazo.
Estamos a entrar num novo mundo em que a publicidade se torna tão atraente, que nos esquecemos dos seus perigos. Perto estará o tempo em que os filmes, documentários, notícias, etc. serão apenas um intervalo entre anúncios.
Não escrevo no entanto este artigo para uma discussão política.
Apenas com dois exemplos penso mostrar o lado sedutor da publicidade. Tão sedutor que muitos podem ficar apaixonados.

Advertisements

One thought on “Publicidade

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s