Política, saúde

O Conselho da Não Ética para as Ciências da Morte

Fiquei profundamente chocada com as palavras proferidas por um médico que tem também, infelizmente, a responsabilidade de ser presidente da Comissão Nacional de Ética para as Ciências da Vida.(CNECV)

Foram estas as palavras:

«O Ministério da Saúde “pode e deve racionar” o acesso a tratamentos mais caros para pessoas com cancro, sida e doenças reumáticas, segundo um parecer do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida.

“É uma luta contra o desperdício e a ineficiência, que é enorme na Saúde”, explicou o presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida, Miguel Oliveira da Silva, em entrevista à Antena 1.

O racionamento ( a palavra renegada pelo Sr. Ministro da Saúde aqui há uns meses, mostrando-se muito ofendido com o uso da mesma, referida aos cortes cada vez mais acentuados e cegos no SNS) é aconselhado em exames e meios complementares de diagnóstico, como TAC’s, Ecografias e Ressonâncias magnéticas.

Os cortes dependerão do custo dos tratamentos e do facto de os tratamentos prolongarem a vida durante tempo suficiente para justificar os gastos. E serão discutidos com os médicos, os gestores e os doentes.

Que morram mais cedo sem tratamento, esses pobretanas que não têm dinheiro para pagar no privado. Que chatice termos de os tratar só para viverem mais uns mesitos! Que dinheiro tão mal-usado, não é mesmo, Sr. Ministro, Sr. Primeiro-ministro?

Estou a imaginar o médico a dizer ao doente: «Prezado Sr. X, sabe só tem mais uns 4 mesitos de vida; seja razoável, desista do tratamento, porque, bem vistas as coisas já não vale a pena. Seja solidário com o Governo e com a Troika! Bem, vê a vida por cá por cima tem de continuar! Quer que lhe mostre a factura com o que já gastou para nada? Quer? E aparece o pressuroso gestor de papel na mão e diz: Olhe para aqui, vá, veja o que o Estado, o SNS, já gastou consigo!»

Que a podridão era enorme e a hipocrisia despudorada já sabíamos todos.

O Conselho da Não Ética para as Ciências da Morte, proponho a mudança. E estará tudo certo se o parecer do Conselho foi este que o seu presidente veiculou para os órgãos de comunicação social.

Os cortes previstos no orçamento de 2013 para o SNS são enormes.

Gabam-se de que pouparam em medicamentos, mas não explicam onde e como foi essa poupança. E quem morreu mais cedo por não ter acesso aos medicamentos ou anda descompensado e vai procurar no Serviço de Urgência e no internamento a solução dos seus males.

O Ministro da Saúde paga nos privados tratamentos oncológicos que não paga no SNS, criando desigualdades próprias do Burkina Faso – que nem sei se lá se cometem estes atentados aos direitos humanos.

O responsável pelo Programa Nacional reconheceu que a actividade oncológica está subfinanciada no SNS. Racionamento, não?

A redução ( o racionamento) prevista de 400 milhões de euros nas despesas com medicamentos vai, certamente, aumentar as mortes e a falta de tratamento, de muitos portugueses,  mas… que não, que não vão faltar os medicamentos, afirmou o Sr. Secretário da Saúde Leal da Costa, porque a razão é bem simples: «A economia, como é habitual, adapta-se à capacidade de consumo por parte das pessoas.» A quem quer enganar este senhor? E disse isto no Fórum sobre O acesso aos cuidados de Saúde!

Entretanto, o Ministro já entregou 5 Hospitais à Misericórdia. Ora bem, a Misericórdia não trabalha de graça e ou vai voltar à vergonha dos Hospitais que conheci há 40 anos ou vai pedir dinheiro ao Estado, isto é, a todos nós. E preparava-se para entregar mais, mas o Presidente das Misericórdias travou a dádiva, dizendo mais ou menos que tem de se ver as condições em que isso se vai fazer. Pudera, não!

Pergunto-me muitas vezes isto: «Onde anda o dinheiro que desconto há anos a fios para a ADSE? Onde está essa imensa quantidade de dinheiro que todos os funcionários públicos descontam há anos? Mesmo depois de reformados continuamos a descontar. Que fizeram e fazem desse dinheiro?

Os funcionários públicos pagaram duplamente para a Saúde: impostos e ADSE. É bom lembrar isto. Aquilo que parecia um privilégio talvez não o fosse.

Criou-se um imenso fundo para ir agora para os bolsos ávidos do BES e quejandos! E não se dá dele nada para os Hospitais Públicos! Até as taxas moderadoras são mais baratas nos Hospitais Privados!

Podem dizer-me que a ADSE permitiu ir-se a médicos privados, consultas e exames, mas eu gostaria muito de ver essas contas, que mas dessem a conhecer para que fosse tudo transparente.

Sr. Ministro da Saúde, sei que tem ganho o suficiente para zarpar para a privada ou para o estrangeiro se adoecer e o seu tempo de vida não valer os gastos tal como os seus acólitos e também os membros deste desgoverno, mas não sou bruxa se lhe disser que andam muito inquietos e nervosos tal como os mercados com o facto de os portugueses mostrarem que não estão dispostos a permitir que continuem a roubarem-nos quase tudo e agora até mesmo alguma esperança de vida, condenando-nos a uma morte antecipada.

Sr. Primeiro-ministro ( que já não sabe bem se calar, se falar) bem podem os seus acólitos vir dizer loas, mas os vossos dias estão contados, porque a vossa actividade oncológica tem sido devastadora e o vosso Programa Nacional Oncológico foi já longe demais.

 TODOS À MANIFESTAÇÃO DE SÁBADO! ACABEMOS COM O DESPERDICIO, A INEFICIÊNCIA! VAMOS DAR-LHE O TRATAMENTO QUE MERECEM!

Advertisements
Standard

2 thoughts on “O Conselho da Não Ética para as Ciências da Morte

    • Anita Vilar diz:

      Está a ser uma vergonha ao que chegou este governo, minha querida Amiga.

      Sinto uma onda enorme de ódio subir dentro de mim, pois não se pode falar com esta frieza e decidir da vida das pessoas desta forma. parece o nazismo.

      Bjin

      Anita

      Gostar

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s