Internacional

Catalunha independente?

Com a Espanha a caminho da recessão e da crise, sopram na Catalunha ventos independentistas. Centenas de milhares de manifestantes desfilaram por ocasião do dia nacional da Catalunha (La Diada, 11 de Setembro) reclamando a independência. Entretanto as instâncias políticas catalãs discutem abertamente a opção. Para onde vai Espanha?

A História está de regresso, pondo a nu fragilidades do Estado espanhol. As anunciadas falências de vários Estados Autónomos, de entre os quais a Catalunha, e os planos de corte que o Estado central pretende aplicar, vem exacerbar as divergências entre a Catalunha e Espanha.

Sendo uma das regiões autónomas espanholas mais desenvolvidas (20% do PIB de Espanha), de há muito que a opção nacionalista/independentista está inscrita na região. Para a compreender pode-se recuar aos anos de chumbo do franquismo e da violenta repressão a que a cultura, a língua e a expressão política nacional catalã foram sujeitas. Mas há que recuar ainda mais no tempo, à época em os catalães lutaram pela sua independência contra a Espanha castelhana na Guerra dos Segadores (1640-1652), enquanto no outro lado da península decorriam as guerras portuguesas da Restauração.

As formações politicas catalanistas, com destaque para a conservadora CiU (Convergência e União)tem dominado o parlamento e o governo catalães, na esmagadora maioria das legislaturas. Mas outras grandes formações políticas não enjeitam a opção nacionalista/independentista.

Forçado pela história a fazer parte da Espanha castelhana, muitos na Catalunha consideram que o país foi seriamente condicionado por uma Espanha de contrastes – que se tem regiões de nível médio europeu, como a própria Catalunha ou o País Basco, tem também grandes regiões autónomas com crónicos problemas de sub-desenvolvimento, casos da Andaluzia ou da Estremadura.

Fazendo parte de Grande Espanha a Catalunha foi chamada a solidarizar-se com as regiões mais pobres; mas agora, com o espectro da bancarrota, essa mesma Espanha pode ser um fardo. Apesar de alguns não deixarem de lembrar que sair de “federação” espanhola pode significar perder um importante mercado.

Como seria uma península ibérica com três países?

O cenário de uma Catalunha independente é hoje plausível. Seja por se tratar de uma nação histórica, seja porque há outros exemplos de alterações de fronteiras na Europa contemporânea: das pacíficas reunificação alemã e divisão da antiga Checoslováquia à sangrenta fragmentação da Federação Jugoslava. Mas o exemplo mais critico para Espanha é o da reconhecida independência do Kosovo relativamente à Sérvia.

Adivinha-se a litigância entre catalães e o Estado Espanhol. O processo segue trâmites constitucionais complexos para as teses independentistas.

Uma península ibérica com três países seria assim: (não considerando o impacto económico da independência catalã:

População (2011): Espanha (sem Catalunha) – 38,5 milhões; Portugal – 10,5 milhões; Catalunha – 7,5 milhões.

Produto Interno Bruto (2011): Espanha (sem Catalunha) – 863.233 milhões €; Catalunha – 210.150 milhões €; Portugal – 171.112 milhões €

O peso relativo a importância de Espanha no contexto da península não estariam em causa, embora perdesse o seu actual estatuto de quinta maior economia da União Europeia e de 12ª do mundo. A desproporção de dimensão e poder face a Portugal diminuiria.

Num clima de agravamento da crise económica, não abrirá a independência catalã a porta a outras saídas? O Euskadi, outra das nações históricas de Espanha, certamente não o deixará de ponderar. E aí o futuro do Estado espanhol, sem duas das suas mais pujantes regiões, poderá ser mais difícil.

Standard

One thought on “Catalunha independente?

  1. Cèsar diz:

    Espanha como estado actual tem os días contados … muita atençao para as eleiçoes bascas que estao já ao virar da esquina e a maioria provavel por parte de coligaçao nacionalista Bildu.
    Quanto a nós aqui na Catalunha, é tudo uma questao de tempo, os ataques contra o povo, lingua, cultura e autodeterminaçao vao aumentando dia após dia e isso fará com que o independentismo aumente.
    Visca Catalunya lliure ||*||

    Gostar

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s