Geral

O (des)governo e o sangue

Não se revestisse o assunto do dramatismo de tudo o que tem que ver com a vida e a morte, seria quase cómica a recente aparição do ministro da Saúde, Paulo Macedo, nas televisões efectuando uma dádiva de sangue. Mas será que foi o reconhecimento de um erro?

Paulo Macedo é ministro do mesmo Governo que se incumbiu de, numa das suas decisões mais irreflectidas, desarticular o sistema de incentivo à dádiva voluntária e benévola de sangue, ao deixar de isentar os dadores das taxas moderadoras, mantendo-as apenas nas prestações em cuidados de saúde primários.

É sabida a importância que o movimento de dadores benévolos de sangue tem, em todo o país, para a estabilidade do sistema; associações e cidadãos que têm, ao longo dos anos, assegurado o fornecimento regular de sangue ao Serviço Nacional de Saúde, numa base não comercial e solidária.

A diminuição das reservas de sangue atinge actualmente um ponto de gravidade que já não pode ser escondido, como prova a mediática dádiva ministerial ou a recente admissão da possibilidade de adiamento de cirurgias por Hélder Trindade, presidente do Instituto Português do Sangue e da Transplantação. Algumas fontes ligadas ao sector estimam que as quebras das dádivas atinjam já os 20%.

A injustificação das faltas ao trabalho por dádiva de sangue, até aqui garantidas legalmente, e que o Governo se apresta a aplicar na legislação de trabalho, será mais uma machadada no sistema. A que se soma a retirada de apoios para o transporte de dadores ou o crescente ambiente de instabilidade nas empresas e locais de trabalho que impede muitos dadores de efectuarem as suas dádivas.

Estavam à espera de quê?

Advertisements
Standard

One thought on “O (des)governo e o sangue

  1. Alexandre Túlio diz:

    de milagres,é que este srº já é o coveiro de milhares de empresas quando da sua passagem pelo ministério das finanças,foi ele que implantou o sistema de dona branca nas finanças,agora vai acabando com o resto,e por onde não passará mais este belo exemplar nazi.

    Gostar

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s