Cultura

“Valparaíso” pelo TAS

O TAS, Teatro Animação de Setúbal, acaba de estrear “Valparaíso”, uma adaptação da peça com o mesmo nome do dramaturgo e romancista norte-americano Don DeLillo (n.1936), naquela que é a sua 113º produção.

“Valparaiso” aborda a história de um homem que se torna subitamente famoso após um engano no itinerário de uma vulgar viagem de negócios, que o acaba por levar a Valparaíso, no Chile, em vez de Valparaíso, no Estado americano de Indiana.

O dispositivo teatral recorre ao universo das imagens para reforçar a temática da manipulação operada pelos media. A história do personagem Michel Majeski (interp. Duarte Vitor) é construída e desconstruída a partir do confronto em entrevistas e reportagens. Vários ângulos e abordagens são operados a partir dos diferentes interlocutores de Majeski que se sucedem. É um personagem nos media como tantas vezes vemos na vida real.

Duarte Vitor (sereno, perturbado ou conduzido), Célia David (possessiva ou sedutora), Isabel Ganilho (profissional ou lolita) e Sónia Martins (epílogar) – actores titulares da companhia, seguros como já nos habituaram. Ana Brinca uma jovem revelação no papel de Livia, mulher de Majeski, num registo plano para uma personagem histriónica. A encenação, escorreita, é de Carlos Curto, que sucede agora a Miguel Assis na direcção da cooperativa que integra a companhia.

O texto pode oferecer alguma dificuldade para a percepção pelo grande público, mas cumpre também a função de defender o TAS das (frequentes) acusações de repertório ligeiro.

Espectáculo em cena no Teatro de Bolso durante o mês de Outubro, de quinta a sábado, às 21.30 h.

Ficha técnica: ESTREIA: 30/09/2010 / AUTOR: Don Delillo / ENCENAÇÃO: Carlos Curto / ACTORES: Ana Brinca, Célia David, Duarte Victor, Isabel Ganilho e Sónia Martins / CENOGRAFIA E GRAFISMO: Teófilo Duarte / FIGURINOS: Zé Nova / MONTAGEM E CONTRA-REGRA: João Carlos / SONOPLASTIA E FOTOGRAFIA: José Santos / LUMINOTÉCNICA: António Rosa / VIDEO: João Bordeira / BANDA SONORA E DESENHO DE LUZ: Carlos Curto / PRODUÇÃO EXECUTIVA: Susana Brito / SECRETARIADO: Ângela Rosa Ana Brinca, Célia David, Duarte Victor, Isabel Ganilho, Miguel Assis e Sónia Martins

A propósito do programa que acompanha esta peça, pode consultar o post de Paulo Anjos aqui publicado.

Standard

Comente aqui. Os comentários são moderados por opção dos editores do blogue.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s